Prefeito de Itaguaru-GO é agredido com socos por morador irritado com atendimento em hospital

Segundo procurador do município, por causa de um dos golpes, Eurípedes Potenciano da Silva chegou a perder um dente. Após agressão, político recebeu atendimento médico e registrou ocorrência na polícia. Suspeito fugiu.

Eurípedes Potenciano da Silva (PSDB), prefeito de Itaguaru, região central de Goiás, foi agredido a socos na manhã desta sexta-feira (28/12) na lanchonete do posto de combustíveis, do qual é proprietário. Por causa de um dos golpes, ele chegou a perder um dente. Câmeras de segurança do estabelecimento registraram a ação.

Segundo a Polícia Civil, o agressor é um homem que estava irritado com o atendimento médico recebido no Hospital Municipal da cidade.

Nas imagens é possível ver que o prefeito e o homem, cuja identidade não foi divulgada, estão sentados à uma mesa conversando. O político, que está de camisa escuta se levanta e é acompanhado pelo homem, que veste uma camiseta verde.

Os dois caminham e parecem discutir. Eles conversam mais um pouco até o momento em que o homem dá um soco no rosto. Um funcionário chega e tenta afastar os dois.

O agressor avança novamente contra Eurípedes e, mesmo contido pelo empregado, ele acerta outro soco na cabeça dele, que não esbanja reação.

Logo depois, o homem entra na lanchonete, fala alguma coisa para o prefeito e deixa o local a pé caminhando tranquilamente.

Investigação

A delegada Josy Alves Sousa Guimarães, responsável por Itaguaru, registrou um boletim de ocorrência sobre o caso. Ela afirmou que procurar o agressor.

“O autor não se conformou com o atendimento médico que recebeu no hospital. Então ele encontrou o prefeito, deu um murro nele, lesionando sua boca. Além disso, ele desacatou o médico na unidade de saúde,

O procurador jurídico do município, Marcus Flávio Neves, acompanhou Eurípedes até à delegacia para fazer a ocorrência. Ele disse que o político não quer falar sobre o caso.

No entanto Neve afirmou que o homem apareceu “exaltado e ofegante”, reclamando de uma suposta demora no atendimento no hospital.

“Ele alegou ao prefeito que estava com pressão alta e dor de cabeça. O Eurípedes então informou que era preciso fazer a triagem, que era preciso que ele ficasse calmo”, explica.

Conforme o procurador, a unidade de saúde fica em frente ao posto. Ele então saiu, viu o prefeito e foi conversar com ele.

De acordo com ele, após o primeiro soco, o prefeito acabou perdendo um dente. Após as agressões, Eurípedes foi até o hospital e depois a um consultório odontológico, onde recebeu atendimento, antes de ir à delegacia.

Mais Itaberaí – Credibilidade em primeiro lugar! 🥇

comments

Comentários

%d blogueiros gostam disto: